Acompanhe nossas redes sociais
e fique bem informado
Notícias | Educação
24.09.2017 - 09h23 | G1PB
Presos têm pena reduzida por cada livro lido em cadeia pública na PB
 
  • Tamanho do texto: A-
  •  
  • A+
Os detentos da Cadeia Pública de Princesa Isabel, Sertão da Paraíba, vão ter quatro dias de pena reduzidos para cada livro lido em 30 dias, de acordo com o juiz da 1ª Vara Mista da Comarca de Princesa Isabel, Pedro Davi Alves de Vasconcelos. A decisão foi tomada na quinta-feira (20) e determina que no final do período uma resenha crítica seja apresentada para que a pena seja reduzida.
 
Segundo o juiz, a medida vinha sendo cobrada pelos detentos desde que ele assumiu a vara. Pedro Davi Vasconcelos acredita que “além de se tratar de uma valiosa possibilidade de diminuição do tempo de cumprimento da sanção, consiste num inestimável estímulo ao crescimento pessoal do participante”.
 
A decisão teve apoio das professoras do ensino municipal e estadual Dulcinéa Silva e Déborah Leal e corroborada pelo Instituto Federal da Paraíba (IFPB), através da professora Karoline Campos. Um comissão permanente foi criada para auxiliar os detentos nas resenhas literárias e acompanhá-los nas leituras.
 
A medida respeita o exposto nos artigos 568 e seguintes do Código de Normas da Corregedoria Geral de Justiça da Paraíba e na recomendação 44/2013 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
 
 
Comentários
   
   
   
©2010- 2017 . Portal Independente. Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Paula Araújo