Acompanhe nossas redes sociais
e fique bem informado
Notícias | Esportes
17.04.2017 - 10h26 | UOL
Com gols de Douglas e Luis Fabiano, Vasco vence Bota e leva Taça Rio
 
  • Tamanho do texto: A-
  •  
  • A+

No domingo de Páscoa, quem terminou o domingo com o gosto doce na boca foi o Vasco Após uma vitória por 2 a 0, o time levantou a Taça Rio, com gols de Douglas e Luis Fabiano, e levou a melhor sobre o Botafogo. O título não representa nada no prosseguimento do Carioca, já que o Vasco encara o Fluminense, e o Botafogo pega o Flamengo pelas semifinais do Carioca.

O triunfo só foi conquistado no final da partida, quando Douglas, aos 41 da etapa final, marcou o gol que garantiu o título vascaíno. Nos acréscimos, Luis Fabiano liquidou a fatura.

Agora, o Glorioso volta suas atenções para a Copa Libertadores. Na quinta, a equipe dirigida por Jair Ventura pega o Barcelona de Guayaquil. Já o Cruz­maltino tem a semana livre até o confronto contra o Tricolor.

CONTRASTES

O primeiro tempo no Estádio Nilton Santos colocou frente a frente dois estilos. Com seu time completo, o Vasco tentou ficar mais com a bola e liderar as ações da partida. O Botafogo, por sua vez, apostou nas saídas rápidas em contra­ataques.

Em uma metade inicial de poucas emoções, Silva fez uma bonita defesa em cabeceio de Bruno Silva, um dos que voltou para disputar a final. Mesmo que com muita luta, Luis Fabiano não viu a cor da bola e não teve nenhuma oportunidade de marcar.

Em 45 minutos, as equipes produziram muito pouco e os goleiros Martín Silva e Hélton Leite foram espectadores privilegiados em campo. Vale ressaltar que a partida, ainda que com poucas emoções, foi disputada de forma limpa e com pouquíssimas faltas.

PANORAMA

As equipes voltaram para o segundo tempo com propostas semelhante. O Vasco ficou mais com a bola, e o Botafogo apostou nas saídas em velocidade. Assim como na primeira metade de jogo, os times criaram bem pouco e a partida não registrou maiores emoções.

Com a expulsão de Marcelo, o Vasco intensificou ainda mais a sua presença no campo do adversário. Mesmo com a superioridade numérica, os vascaínos pouco produziram até o apito final de Bruno Arleu. Aos 29, Luis Fabiano tentou uma bicicleta, mas a bola passou longe do gol alvinegro. Helton Leite ainda fez uma bela defesa em cabeceio de Douglas.

A maior ameaça do Botafogo foi em cabeceio muito perigoso de Bruno Silva, que Martin desviou. Quando os pênaltis pareciam inevitáveis, o Vasco marcou. Nenê bateu escanteio, a bola sobrou para Douglas, sozinho, empurrar para o gol. Nos acréscimos, Luis Fabiano recebeu de Manga e liquidou o jogo.

ESTILO

Apesar do sol aberto no Rio de Janeiro, o técnico Milton Mendes não abriu mão de seu estilo mais formal. De terno e gravata, o vascaíno contrastou com Jair Ventura, que optou pelo visual composto por calça jeans e camisa polo do Botafogo.

ATENTOS

Apesar da maior parte do grupo ter ficado em Guayaquil, local da partida contra o Barcelona, quinta­feira, o grupo alvinegro esteve atento à decisão. Por meio de seu perfil no Twitter, Rodrigo Pimpão registrou o momento da reunião do elenco, que acompanhou do Equador o jogo.

SECA DIMINUÍDA

O Vasco tirou uma diferença do Botafogo em finais. Após a vitória deste domingo, o clube obteve sua quinta vitória sobre o rival em 12 decisões.

 
 
Comentários
   
   
   
©2010- 2017 . Portal Independente. Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Paula Araújo