Acompanhe nossas redes sociais
e fique bem informado
Notícias | Cidades
12.04.2017 - 01h50 | Redação
Diferença no preço do peixe chega a 23% em Guarabira
 
  • Tamanho do texto: A-
  •  
  • A+

Semana santa é de longe a época em que mais se vende peixe no Brasil, a tradição da Igreja pede essa proteína passa a protagonizar o cardápio durante boa parte da semana, sobretudo a Sexta-Feira da Paixão, data que recorda a morte de Cristo e pede penitência dos fiéis.

Contudo, em época de crise o que vale é ficar atento aos preços dos peixes, pois comparar pode representar uma economia de até 23% no preço do quilo vendido em Guarabira.

O dado é de um levantamento feito pelo Portal Independente nos principais frigoríficos da cidade com os peixes mais vendidos durante essa época.

A pesquisa levou em consideração o preço por quilo de peixe e em alguns frigoríficos apresentaram um aumento considerável em relação aos mais baratos.

O peixe-serra foi o que apresentou uma maior variação segundo a pesquisa, entre R$ 17 e R$21. Clientes podem economizar até R$ 3 por quilo de peixe, se pesquisarem bem antes de comprar.

Outros peixes apresentaram variação menor como a pescada, que encontrada por R$ 12 em alguns lugares e R$ 14 em outros. A variação da corvina fica entre R$ 10 e R$ 11.

A sardinha, tão popular nessa época, apresentou uma diferença de preço entre R$ 9 e R$ 11, já o quilo do bonito pode ser encontrado entre R$ 8 e R$ 9. Por fim o agulhão, entre os frigoríficos visitados, varia entre R$ 22 e R$ 23,50 por quilo. 

 
 
Comentários
   
   
   
©2010- 2017 . Portal Independente. Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Paula Araújo