Acompanhe nossas redes sociais
e fique bem informado
Notícias | Culinária
09.02.2017 - 11h21 | Bem Estar
Alface dá sono? Como escolher e conservar?
 
  • Tamanho do texto: A-
  •  
  • A+

Alface: a rainha de todas as saladas! A verdura mais popular do Brasil tem uma lista de benefícios que você provavelmente não conhece.

No Bem Estar desta quinta-feira (9), a nutricionista Lara Natacci conta que alface, água e ar não são a mesma coisa. Aliás, alface pode ficar uma delícia se você usar o tempero na medida, sem exagero! E será que a alface dá sono mesmo? Mito ou verdade? Agrônomo e pesquisador da Embrapa, Fábio Suinaga, especialista em hortaliças, fala sobre a melhor forma de escolher e conservar as verduras.

Saiba mais

As alfaces mais consumidas no Brasil são a crespa e a americana. Alface não gosta de calor, nem de água dentro do maço. A umidade da geladeira também prejudica as folhas.

Alface dá sono? Sim. A alface tem lactucina, uma substância presente no talo, que tem efeito calmante. Alface engorda? Cada 100 gramas de alface têm 16 calorias. Segundo Lara Natacci, a alface não engorda, o problema são os molhos usados para dar sabor, que costumam ser bem calóricos.

Propriedades nutricionais: a alface lisa é rica em cálcio e potássio. A alface americana é rica em fibra e vitamina C e a romana também tem bastante vitamina C. A alface roxa possui antocionina, antioxidante que combate os radicais livres.

Quando preparada na pressão ou imersa em água, as verduras perdem muito ferro e potássio. Se a pessoa tem carência de ferro, melhor consumir a verdura crua. Se a pessoa tem insuficiência renal, melhor consumir a verdura cozida porque dessa forma ela tem menos potássio, prejudicial para estes doentes, que têm dificuldade de eliminar o mineral.

Como conservar a alface? Lave as folhas e enxugue bem, com uma centrífuga, papel toalha ou pano de prato limpo. Guarde num recipiente plástico e forre com papel toalha no topo porque ele diminui a umidade da geladeira.

 

 
 
Comentários
   
   
   
©2010- 2017 . Portal Independente. Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Paula Araújo